logo

4/1/2020 11:31

Clube do Cruzeiro se reúne com Minas Arena por acordo para mandar jogos no Mineirão em 2020

Novo encontro entre as partes está previsto para os próximos dias

Clube do Cruzeiro se reúne com Minas Arena por acordo para mandar jogos no Mineirão em 2020

Cruzeiro reitera desejo de mandar jogos no Mineirão em 2020 (Foto: Divulgação/Mineirão)

Membros do Núcleo Dirigente Transitório do Cruzeiro se reuniram com o diretor da Minas Arena, Samuel Lloyd, nessa sexta-feira. O encontro foi proposto pela diretoria celeste com o intuito de viabilizar formas de manter o Mineirão como local dos jogos do time como mandante na temporada 2020, evitando deslocamento para estádios do interior de Minas Gerais.



De acordo com a nota divulgada pelo Cruzeiro, o objetivo da reunião também era de melhorar o relacionamento comercial com a concessionária do Mineirão. Segundo o comunicado, a Minas Arena apresentará uma proposta para a formatação de um novo contrato entre as partes.

Uma nova reunião entre Cruzeiro e Minas Arena está prevista para os próximos dias. A administradora apresentará números para análise em conjunto com o clube. Em junho de 2019, a concessionária informou que rompeu o contrato de fidelidade com o clube por causa de dívidas que chegavam a R$ 26 milhões.

Mandos de campo em 2020

Por causa de três incidentes envolvendo a torcida no Mineirão em 2019, o Cruzeiro deve perder mandos de campo neste ano. Se aplicadas, as punições podem ser cumpridas tanto na Copa do Brasil quanto na Série B do Campeonato Brasileiro. Em situação semelhante, em 2010, o Coritiba foi punido com a perda de 30 mandos. Posteriormente, a punição foi reduzida para 10 partidas. Nestes casos, o triubal exige que o clube penalizado atue, no mínimo, a 100km da cidade-sede - o Coxa teve de jogar na Arena Joinville.

Um dos casos é a briga entre cruzeirenses e atleticanos no clássico pela 32ª rodada do Brasileiro, que terminou empatado por 0 a 0, em 10 de novembro do ano passado, no Mineirão. Inicialmente, o Cruzeiro perdeu um mando de campo e foi multado em R$ 100 mil, porém apelou da sentença e conseguiu efeito suspensivo. O julgamento foi adiado e deve ocorrer neste mês.

Outro episódio é relativo à partida contra o CSA, dia 28 de novembro, pela 35ª rodada do Brasileiro. O Cruzeiro frustrou a torcida e perdeu por 1 a 0, dando passo largo rumo ao rebaixamento à Série B. Irritados, torcedores atiraram bombas, sinalizadores e outros objetos no gramado do Mineirão. Os acontecimentos foram relatados em súmula.O STJD acatou a denúncia da procuradoria, que pede punições ao Cruzeiro que variam de perda de mando de dez jogos, além de multa entre R$ 100 e R$ 100.000,00.

Por fim, o terceiro processo no STJD analisará o ocorrido no jogo que decretou o rebaixamento do Cruzeiro - na derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, dia 8 de dezembro. A partida só foi mantida no Mineirão graças à obtenção de efeito suspensivo da pena do clássico.



Com o jogo ainda em andamento, torcedores arrancaram cadeiras do Mineirão e as atiraram no estádio. Também houve arremessos de bombas e depredação a bens do estádio, como bebedouros, banheiros e televisores. Segundo a Minas Arena, os danos a serem arcados pelo Cruzeiro foram de aproximadamente R$ 300 mil.

Cruzeiro, Clube, Minas Arena, Acordo, Jogos, Mineirão

873 visitas - Fonte: Super Esportes


VEJA: Cruzeiro tem conversas em andamento com clube argentino por Lucas Romero


Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Próximo Jogo - Campeonato Mineiro

Qua - 20:00 - Mineirão - Premiere
Cruzeiro
Boa Esporte

Último jogo - Brasileiro

Qui - 19:15 - Arena do Grêmio
Grêmio
2 0
Cruzeiro
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota