logo

4/8/2019 10:28

De "ódio mortal" a "linguagem chula": falas acirram Atlético-MG x Cruzeiro

De ódio mortal a linguagem chula: falas acirram Atlético-MG x Cruzeiro

Patric e Egídio disputam a bola na partida entre Atlético-MG e Cruzeiro pela Copa do Brasil (Imagem: Fernando Michel/Agência o Dia/Estadão Conteúdo)

A rivalidade mineira ficou ainda mais acirrada depois que o Cruzeiro eliminou o Atlético-MG nas quartas de final da Copa do Brasil. O técnico Rodrigo Santana, em encontro com membros de uma organizada do clube, disse que os seus comandados têm "ódio mortal" do adversário. O diretor de comunicação da Raposa, Valdir Barbosa, polemizou o fato: "Ele não está aguentando a pressão".



Às vésperas do clássico mineiro, marcado para as 19h (Brasília) de hoje, no Independência, o clima esquentou ainda mais. Agora, o UOL Esporte explica o caso:

No final da semana, integrantes da Galoucura, a principal torcida organizada ligada ao Galo, foram ao centro de treinamentos da equipe para conversar com jogadores e o treinador Rodrigo Santana. A intenção dos torcedores era fazer cobranças principalmente a Réver, Patric e ao técnico. Santana, então, deu uma declaração polêmica.

"A gente até hoje não entende, a gente acabou entregando aqueles gols [no Mineirão, na Copa do Brasil]. (...) Pelo que estou sabendo, eles devem vir com time titular, porque o bicho está pegando lá. O sentimento dos jogadores aqui é de ódio mortal. No jogo que ganhamos por 2 a 0 aqui, os caras entraram [mordidos]. Tinha 'nego' que chorava no vestiário", se justificou o técnico, ao falar sobre os clássicos válidos pelas quartas de final da Copa do Brasil.

A declaração concedida por Rodrigo Santana repercutiu na Toca da Raposa II. Valdir Barbosa, novo diretor de comunicação do Cruzeiro, foi à Rádio Itatiaia para se manifestar. "Ele diz assim: 'O sentimento dos jogadores aqui é de ódio mortal". Ele não pode dizer isso para uma torcida organizada e, muito menos, dizer isso abertamente. Que é isso? O Rodrigo parece que perdeu o freio nessa entrevista [se referindo à conversa com membros da organizada]. Ou então não está suportando a pressão do lado de fora, quando os torcedores vão ao CT conversar com ele. É uma coisa muito perigosa", disse o dirigente.

"Ele disse que o sentimento dos jogadores no Atlético hoje é de ódio mortal. Contra quem? Contra o quê? Nós estamos jogando futebol, Rodrigo Santana. Sob pressão, se agachar para torcedor é muito chato, muito feio. Não pode ser assim. Nós que somos profissionais temos que saber tratar as coisas. A gente não usa uma linguagem chula dessa para incentivar torcedor. O time que tem que jogar para o torcedor ser incentivado".



A discussão traz ainda mais pimenta para o clássico que ocorre na noite de hoje, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Ficha técnica

Atlético-MG x Cruzeiro

Motivo:
13ª rodada do Brasileirão
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 4 de agosto de 2019 (domingo)
Horário: às 19h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Neuza Ines Back (Fifa/SP)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Atlético-MG
Cleiton; Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Jair, Elias, Rómulo Otero (Vina) e Juan Cazares; Yimmi Chará e Alerrandro (Ricardo Oliveira).
Técnico: Rodrigo Santana.

Cruzeiro
Fábio; Orejuela, Dedé, Léo e Dodô (Egídio); Henrique, Ariel Cabral, Jadson e Marquinhos Gabriel; Pedro Rocha (David) e Fred.
Técnico: Mano Menezes.

Cruzeiro, Falas, Acirram, Jogo, Clássico

195 visitas - Fonte: UOL


VEJA: Cruzeiro tem conversas em andamento com clube argentino por Lucas Romero


Wagner Limas     

David naaaaaaaaaaaaoooooooooo

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Próximo Jogo - Brasileiro

Dom - 19:00 - Rei Pelé - Fox
CSA
Cruzeiro

Último jogo - Brasileiro

Dom - 16:00 - Mineirão
Cruzeiro
2 0
Santos