logo

11/1/2018 09:28

Alvo do Atlético-MG, rivalidade na veia e "3 em 1" para o Cruzeiro: quem é Mancuello?

Jogador deverá ser oficializado ainda nesta quinta-feira pela Raposa e assinar contrato por três anos

Alvo do Atlético-MG, rivalidade na veia e 3 em 1 para o Cruzeiro: quem é Mancuello?

Mancuello irá assina contrato por três temporadas (Foto: Reprodução SporTV)

O Cruzeiro acredita que poderá anunciar, ainda nesta quinta-feira, a contratação oficial do meia Mancuello por três temporadas. Ele será o quinto estrangeiro e chegará como uma peça de polivalência no esquema de Mano Menezes, podendo atuar de lateral, segundo ou terceiro volante ou como meia. Além disso, Mancuello tem rivalidade na veia contra o adversário do Cruzeiro na estreia da Libertadores, dia 27, em Avellaneda.



O jogador começou a carreira profissional no Independiente e sempre vivenciou a rivalidade com o Racing, primeiro adversário da Raposa no Grupo 5 da Libertadores. Ele voltará a vivenciar essa situação com a camisa cruzeirense. A rivalidade está tão na veia de Mancuello que, na apresentação do Flamengo, explicou a escolha do número da camisa 23.

- Foi o número que comecei jogando no Independiente e fui campeão da Sul-Americana em 2010. É a diferença também de clássicos entre Independiente e Racing. Saí de lá com 23 vitórias a mais, então é uma memória boa que guardo - comentou o argentino de 28 anos em sua apresentação, em 2016.

Na época do Independiente, Mancuello atuou muito como meia, mas também fez as vezes de segundo volante no time argentino, destacando-se pelo clube de Avellaneda e sendo convocado pela seleção argentina em duas partidas. Pelo time argentino, em cinco temporadas e meia, fez 105 jogos e marcou 20 gols.

Alvo de rival

Entre as temporadas de 2015 e 2016, Mancuello esteve na mira do Atlético-MG, na mesma época que foi contratado pelo Flamengo. Em entrevista ao jornal argentino Olé, o segundo vice presidente do clube argentino, Carlos Moyano, afirmou que o arquirrival do Cruzeiro chegou a procurar o Independiente, buscando por empréstimo, mas o pedido foi negado. Relembre a situação.

Federico Mancuello passou cinco temporadas e meia no Independiente, rival do Racing, adversário da Raposa na Libertadores (Foto: Reprodução / Facebook)

O argentino será o quinto estrangeiro do Cruzeiro, que já tem Lucas Romero, Ariel Cabral, Arrascaeta e Messidoro. Mancuello é cria das categorias de base do Independiente, por onde ficou até 2015, antes de se transferir ao Flamengo. Ele também teve uma rápida passagem, por empréstimo, pelo Belgrano, também da Argentina. O jogador já disputou duas partidas pela seleção do seu país.

Mancuello será o sétimo reforço do Cruzeiro. Além dele, o clube mineiro já acertou as vindas dos laterais Edilson, Egídio, Marcelo Hermes, do volante Bruno Silva, além dos atacantes David e Fred. Mancuello é um nome aprovado pelo técnico Mano Menezes. Pelo Flamengo, ele fez fez 69 jogos (66 oficiais) com a camisa rubro-negra e marcou 10 gols em dois anos. Foi contratado após passagem pelo Independiente, no início de 2016, por US$ 3 milhões.

Negociação

O time da Gávea vai vender o atleta para recuperar o investimento e ainda vai manter 30% do jogador, com o Cruzeiro ficando com 60% dos direitos e pagando aproximadamente R$ 5 milhões. O Cruzeiro não vai assumir a dívida do Flamengo de R$ 2 milhões a serem pagos ao atual campeão da Copa Sul-Americana.

Federico Mancuello tem fotos de infância com a camisa do Independiente, rival do Racing (Foto: Arquivo Pessoal)

Análise do setorista - Raphael Zarko - GloboEsporte.com

Pensa num jogador técnico, com bom toque curto, boa visão de jogo e chute na medida a curta e média distância. O argentino Mancuello é tudo isso, mas é verdade também que não é um velocista e marcador voraz, o que o impediu muitas vezes de ter sucesso na sua passagem pelo Flamengo. Em 69 jogos (66 oficiais), foram 10 gols e algumas boas aparições. Uma dessas boas, coincidentemente, foi contra o Cruzeiro, na reta final do Brasileiro de 2016, quando marcou bonito gol para virar a partida.

A sensação é de que Mancuello poderia ter sido melhor aproveitado no Flamengo é legítima. Mas, seja jogando mais recuado, como segundo volante, ou mais à frente, seja aberto na ponta ou de de homem mais próximo do atacante, faltou aproveitar e "marcar presença", ser mais constante. O Cruzeiro contrata um bom jogador, sem dúvida. Mas que ainda precisa mostrar que as virtudes técnicas que têm podem andar lado a lado com a competitividade do futebol brasileiro.

11487 visitas - Fonte: Globo Esporte


tiago silva     

VOCÊ QUE ESTÁ CANSADO DE TER POUCA PROGRAMAÇÃO DE TVV ASSSINATURA E NÃO CONCORDA COM OS VALORES COBRADOS
FAÇO LIBERAÇÃO E DIMINUÍMOS O VALOR DA CONTA
PARA TODO BRASIL
WHATZSAP 11 958694345

Voce esta pagado valores alto e teno pouco PROGRAMAÇÃO de TVV
asssinatura faça Liberação e DEMINUIMOS valor da
conta pra quallquer luga do Brasil WHATZSAP
11958640776

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Próximo Jogo - Brasileiro

Dom - 19:00 - Castelão - Premiere
Ceará
Cruzeiro

Último jogo - Libertadores

Ter - 21:30 - Mineirão
Cruzeiro
2 1
Racing