logo

4/8/2014 09:48

Futebol de Minas na rota do inédito ouro olímpico no Rio de Janeiro

Futebol de Minas na rota do inédito ouro olímpico no Rio de Janeiro

Jovens jogadores de Cruzeiro e Atlético podem ser peças fundamentais nas Olimpíadas em 2016, no Rio

Os Jogos Olímpicos serão no Rio de Janeiro e apenas em 2016. Mas, na busca pelo ouro inédito no futebol, Minas Gerais pode ter uma participação decisiva. Jovens jogadores revelados por Cruzeiro e Atlético têm grandes chances de serem chamados para compor a Seleção Brasileira Sub-23.

Para quem está na faixa dos 20 anos, esperar é um desafio. Portanto, mesmo faltando praticamente 24 meses para a cerimônia de abertura da Olimpíada, Lucas Silva e Alisson, do Cruzeiro, Lucas Cândido, Carlos e Eduardo, do Atlético, já nutrem a expectativa da convocação pelo técnico Alexandre Gallo, o responsável por formar o time canarinho.

“Preparamos os jogadores da base para servirem ao profissional. Mas, obviamente, eles ficariam bastante orgulhosos de defenderem a Seleção Brasileira, ainda mais em um torneio que o Brasil nunca ganhou”, disse o diretor dos times de base do Atlético, André Figueiredo.

Se o Galo tem três fortes candidatos, é a Raposa que pode se sentir representada no Jogos de 2016, já que Lucas Silva é titular absoluto da Seleção de base, tendo vencido o Torneio de Toulon. “O Cruzeiro fica muito feliz e satisfeito por fazer um trabalho nas categorias de base capaz de ajudar a Seleção em busca do ouro. Temos o Lucas Silva como prova disso, ele é um dos principais jogadores do Sub-20 do Brasil”, afirmou Raul Plassmann, um dos coordenadores da base celeste. Os jogadores citados já foram convocados pelo técnico Gallo para torneios e amistosos em 2014. Contudo, há dois obstáculos pela frente.

Primeiro, o limite de idade sobe em três anos. Ou seja, a concorrência aumenta. E o segundo é que diferente dos torneios da Fifa, na Olimpíada, cada seleção é formada por apenas 18 jogadores.

Em busca de projeção para ser lembrado por Gallo

Em fevereiro, para enfrentar a Seleção do Amapá, o técnico Alexandre Gallo chamou quatro jogadores do Atlético. Apesar de o clube ser bem cotado pelo treinador do Sub-23, os atletas sabem que precisam correr atrás de maior visibilidade, principalmente dentro da equipe principal alvinegra.

Esse problema é enfrentado diariamente pelo lateral Lucas Cândido, que também atua como volante. Em fevereiro, o jogador teve três lesões sérias no joelho. Inclusive, foi cortado por Gallo da Seleção Sub-21. Sua maior preocupação para a Olimpíadas é não deixar o treinador da CBF esquecê-lo.

“Tenho pouco menos de dois anos para retomar meu futebol no Atlético e mostrar minha capacidade para ele”, afirmou o jogador de 20 anos, que segue no departamento médico, mas com chance de voltar a jogar no próximo mês.

O atacante Carlos, que é considerado a maior revelação das categorias de base alvinegras, depois de Bernard, ainda não teve chance com Levir Culpi. Portanto, entre suas metas daqui em diante está uma maior participação na equipe principal. Mesmo que ele ainda tenha que esperar o momento certo.

“É o Atlético que vai me encaminhar para a seleção olímpica. Estou tendo poucas oportunidades, mas muita coisa pode mudar em dois anos”, comentou o jogador. Ele se espelha justamente em Bernard para conseguir uma ascensão meteórica na curta carreira profissional.

“O Bernard, por exemplo, em curto tempo, virou titular do Galo, venceu a Libertadores e foi para uma Copa do Mundo. Quem sabe eu consigo seguir passos semelhantes aos dele”?

Rápido e habilidoso, o caçula dos atleticanos (completará 19 anos no próximo dia 15) já foi selecionado por Gallo para a Panda Cup, torneio chinês para os nascidos em 1995 e 1996.

Segundo o próprio jogador, é seu estilo de atuar que pode lhe credenciar uma vaga entre os 18 convocados para os Jogos Olímpicos. “Acredito que o Gallo gosta do meu jeito de jogar. Um jogador de lado de campo capaz de ajudar na marcação também”, destaca.

Aproveitamento

Se Lucas Cândido precisa se recuperar de lesão e o momento de Carlos no time profissional ainda não chegou, o volante Eduardo já pode se vangloriar de um maior aproveitamento no Atlético. O jogador participou de sete partidas na atual temporada e foi convocado recentemente por Gallo para disputar o Torneio de Valencia, na Espanha, de 10 e 20 de agosto.

Com bom apreço de Levir Culpi, o volante admite o apoio do treinador atleticano e já ouve as brincadeiras dos companheiros pelo fato de servir à Seleção Brasileira. “O Levir dá muita força para nós, jovens jogadores. Conversa e apoia. Os companheiros também brincam com a gente. Eles me chamam de ‘jogador de Seleção’, agora”.

Outros cotados

Além de Lucas Cândido, Carlos e Eduardo, há outros três atletas promissores do Atlético que podem sonhar em disputar os Jogos Olímpicos. Os goleiros do juvenil, Rodolfo e Uilson, e o zagueiro Gabriel também já sentiram o sabor de defender o Brasil. Cada um deles foi convocado uma vez em 2014. Contudo, apenas Uilson treina entre os profissionais do Atlético. Aos 20 anos, ele foi escolhido por Levir para ser o terceiro goleiro da equipe principal após a dispensa de Lee.

Credenciados por atuação e conquista em Toulon

Acostumado a revelar jogadores para o futebol mundial, o Cruzeiro recheia sua equipe principal com jovens promessas. E, se eles são capazes de se destacar com Marcelo Oliveira, ser chamado por Alexandre Gallo é um caminho natural. Lucas Silva é a maior expressão disso.

Campeão do Torneio de Toulon, Sub-21, no começo de junho, o volante Lucas Silva é um dos jogadores mais bem sucedidos na safra dos nascidos em 1993. Titular absoluto do Cruzeiro, ele dificilmente ficará de fora da convocação para a Olimpíada.

Confiante em fazer parte da equipe canarinho, o atleta de 21 anos não esconde que sonha mais alto. Lucas Silva pensa é no time principal do Brasil, comandado pelo técnico Dunga.

“Eu consegui ótimos resultados nas seleções de base. Sonho em disputar a Olimpíada, é uma competição de grande peso para jogadores sub-23. E acredito que é um ótimo caminho para ser integrado ao grupo principal do Dunga”, disse o jogador, que já atua profissionalmente na Raposa desde 2012.

O volante esteve na França com Alexandre Gallo e lembrou da força da Seleção Sub-21 do Brasil. O grupo conta com outros atletas titulares em seus clubes: Dória, no Botafogo, Wendell (negociado com o Bayer Leverkusen) e Luan, no Grêmio, e Leandro, no Palmeiras. Ainda há o zagueiro Marquinhos, que não é titular no PSG, mas é um dos principais nomes brasileiros da posição.

“Tive a chance de fazer parte de uma grande equipe jovem, com atletas que já ganharam seus espaços nos clubes que defendem”, analisou Lucas Silva. Favorito no futebol mineiro para ir ao Rio de Janeiro em 2016, ele pode ter a companhia de um colega de clube.

Alisson seria o eleito, uma vez que virou opção de segundo tempo para Marcelo Oliveira e o clube celeste o trata como uma joia para os próximos anos. Ele também esteve no Torneio de Toulon e saiu da França confiante em prolongar sua estadia na base olímpica de Gallo.

“Coloquei um pé na Seleção, não na Olimpíada, mas pelo menos nas próximas convocações acredito que estarei. O treinador (Gallo) me elogiou muito. Conseguimos o título (Torneio de Toulon), agora é focar no Cruzeiro e ser lembrado pelo Gallo novamente”, opinou Alisson, que marcou o primeiro gol da vitória brasileira por 5 a 2 diante dos anfitriões franceses.

Ausência

Por causa de alguns meses, o lateral-direito Mayke não poderá ser chamado por Gallo para a Seleção Sub-23. O jogador nasceu em novembro de 1992 e fará 24 anos em 2016.

Alisson dificilmente será um dos três jogadores acima da idade convocados. O alento para o atleta reserva de Ceará é que o time principal do Brasil passa por reformulação e ele espera ser testado por Dunga.

A Raposa tinha outro jogador em seu elenco que sonha com Olimpíada. O zagueiro Wallace conquistou o Torneio de Toulon ao lado de Lucas Silva. Mas ele foi vendido para o Braga, de Portugal, por R$ 28 milhões.

Surpresa

Entre todos os nomes cruzeirenses que podem estar na lista olímpica daqui a dois anos, o torcedor celeste dificilmente saberá dar sua opinião sobre o goleiro Georgemy. Mas Gallo sabe muito bem das qualidades do jogador de apenas 18 anos e 1,95 metros. Tanto que a promessa foi titular na Panda Cup e voltou a ser chamado para disputar o Torneio de Valência, neste mês.

Minientrevista - Lucas Silva

Neste ano, você ficou fora de convocações apenas para não prejudicar o Cruzeiro. Já se imagina nos Jogos Olímpicos de 2016?


Eu sei que tenho muito a fazer nesses dois anos, até a Olimpíada, mas é inevitável criar expectativas de ser convocado pelo Gallo em 2016. Fizemos um bom trabalho no Torneio de Toulon e saímos vencedores. Então, é um sonho ir para a Olimpíada defender o meu país.

O Cruzeiro revelou jogadores que já foram chamados por Gallo. Vocês conversam sobre irem juntos em 2016?

Eu converso com meus companheiros que têm idade olímpica. Falava com o Alisson e o Wallace (que foi negociado). Vai ser muito bom para a nossa carreira disputar os Jogos Olímpicos, ainda mais porque será em casa. É uma missão de grande valor e estamos na esperança de sermos convocados.

1137 visitas - Fonte: Hoje em Dia


VEJA: Cruzeiro tem conversas em andamento com clube argentino por Lucas Romero


Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Próximo Jogo - Brasileiro

Seg - 20:00 - Mineirão - Fox
Cruzeiro
Avaí

Último jogo - Brasileiro

Dom - 16:00 - Mineirão
Cruzeiro
0 0
Atlético-MG
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Palmeiras
3 Santos
4 Grêmio
5 São Paulo
6 Atletico Paranaense
7 Internacional
8 Corinthians
9 Bahia
10 Goiás
11 Vasco DA Gama
12 Atletico-MG
13 Fortaleza EC
14 Ceará
15 Cruzeiro
16 Fluminense
17 Botafogo
18 CSA
19 Chapecoense-sc
20 Avai
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
77 32 24 5 3 68 26 42 VEVVV
67 32 19 10 3 51 24 27 VVVVE
64 32 19 7 6 48 28 20 EVVVV
56 32 16 8 8 55 32 23 VVVVV
52 32 14 10 8 32 23 9 VDVDD
50 32 14 8 10 45 31 14 VEVEV
49 32 14 7 11 37 32 5 VEDDV
49 32 12 13 7 36 29 7 EDDVE
43 32 11 10 11 35 33 2 DDEED
42 32 12 6 14 34 50 -16 DEVDD
42 32 11 9 12 31 37 -6 EDEDV
40 32 11 7 14 38 43 -5 DDEVE
39 32 11 6 15 39 44 -5 EVEDV
36 32 10 6 16 32 32 0 EVDVD
35 32 7 14 11 26 36 -10 EVEEE
34 32 9 7 16 32 43 -11 EDEVD
33 31 10 3 18 26 40 -14 VDDDD
29 32 7 8 17 21 47 -26 DVDDD
22 32 4 10 18 25 48 -23 EVDED
17 31 3 8 20 16 49 -33 DDDDD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota