logo

18/6/2014 09:14

Sabella e outros quatro argentinos voltam ao Mineirão depois da maior conquista da carreira

Técnico Alejandro Sabella e jogadores Andújar, Fernández, Rojo e Pérez da Seleção Argentina foram campeões da Copa Libertadores 2009 sobre o Cruzeiro em BH

Sabella e outros quatro argentinos voltam ao Mineirão depois da maior conquista da carreira

Hoje técnico da Seleção Argentina, Alejandro Sabella (d) treinava o Estudiantes no título da Libertadores 2009

A Argentina jogará no Mineirão neste sábado, às 13h, contra o Irã, pelo Grupo F da Copa do Mundo. Para cinco argentinos, o Gigante da Pampulha traz excelentes recordações. O técnico Alejandro Sabella comandou o Estudiantes no título da Copa Libertadores da América de 2009, de virada, sobre o Cruzeiro, dentro do templo do futebol mineiro.

Além do treinador, outros quatro jogadores da atual Seleção Argentina estavam na equipe Pincha que acabou com o sonho da Raposa: o goleiro Andújar, o zagueiro Federico Fernández, o lateral Marcos Rojo e o meia Enzo Pérez. Desses, Andújar e Pérez foram titulares na decisão do Mineirão, enquanto os outros dois ficaram no banco.

Curiosamente, aquela geração do Estudiantes de La Plata comandada por Sabella é responsável pelo maior número de convocações da atual Seleção Argentina para a Copa. Além dos quatro campeões sobre o Cruzeiro, o zagueiro José Basanta deixou a equipe Pincha antes da conquista da Libertadores, enquanto o goleiro Orión chegou ao Estudiantes logo depois do título continental.


Pérez comandava o meio-campo do Estudiantes ao lado de Verón em 2009

Lembrança ruim

O técnico Alejandro Sabella não tem somente lembranças boas do Mineirão. Quando ainda era jogador, ele enfrentou o mesmo Cruzeiro pela final da Copa Libertadores da América de 1976, como meia do River Plate. Titular absoluto, Sabella participou dos três jogos daquela decisão. Perdeu o primeiro no Mineirão por 4 a 1 e ganhou o segundo em Buenos Aires por 2 a 1.

Naquela época, o regulamento da Libertadores não previa saldo de gols como critério de desempate e foi necessária a marcação de um jogo-desempate em campo neutro, em Santiago, no Chile. O Cruzeiro venceu por 3 a 2 e se sagrou pela primeira vez campeão da Libertadores, em cima do River de Sabella.

837 visitas - Fonte: Superesportes


VEJA: Cruzeiro tem conversas em andamento com clube argentino por Lucas Romero


Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Próximo Jogo - Campeonato Mineiro

Qua - 20:00 - Mineirão - Premiere
Cruzeiro
Boa Esporte

Último jogo - Brasileiro

Qui - 19:15 - Arena do Grêmio
Grêmio
2 0
Cruzeiro
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Santos
3 Palmeiras
4 Grêmio
5 Atletico Paranaense
6 São Paulo
7 Internacional
8 Corinthians
9 Fortaleza EC
10 Goiás
11 Bahia
12 Vasco DA Gama
13 Atletico-MG
14 Fluminense
15 Botafogo
16 Ceará
17 Cruzeiro
18 CSA
19 Chapecoense-sc
20 Avai
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
90 38 28 6 4 86 37 49 VVVVD
74 38 22 8 8 60 33 27 VDVDV
74 38 21 11 6 61 32 29 DDDVV
65 38 19 8 11 64 39 25 VDVVD
64 38 18 10 10 51 32 19 VVEVE
63 38 17 12 9 39 30 9 EVDVV
57 38 16 9 13 44 39 5 EDVDV
56 38 14 14 10 42 34 8 DVDVD
53 38 15 8 15 50 49 1 EVVEV
52 38 15 7 16 46 64 -18 VVDDV
49 38 12 13 13 44 43 1 DEVED
49 38 12 13 13 39 45 -6 EDVEE
48 38 13 9 16 45 49 -4 DEVVD
46 38 12 10 16 38 46 -8 VVEEV
43 38 13 4 21 31 45 -14 VVDDE
39 38 10 9 19 36 41 -5 EDEDE
36 38 7 15 16 27 46 -19 DDDDD
32 38 8 8 22 24 58 -34 DVDDD
32 38 7 11 20 31 52 -21 VDDVE
20 38 3 11 24 18 62 -44 DDEDE
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota