logo

7/4/2019 10:02

Mano destaca empenho do Cruzeiro, elogia torcida e rejeita favoritismo na final

Treinador disse que a qualidade do elenco celeste foi o diferencial no jogo

Mano destaca empenho do Cruzeiro, elogia torcida e rejeita favoritismo na final

Mano Menezes gostou da atuação celeste na vitória sobre o América (Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)

Mano Menezes aprovou a atuação do Cruzeiro na goleada sobre o América, por 3 a 0, na noite deste sábado, no Mineirão, pelo jogo de volta da semifinal do Campeonato Mineiro – na ida, no Independência, a Raposa venceu por 3 a 2.



O técnico destacou o empenho do time que, mesmo desgastado pelo jogo difícil contra o Emelec, na quarta-feira passada, no Equador, pela Copa Libertadores, conseguiu golear o rival e avançar à final do Campeonato Mineiro.



O comandante celeste ainda elogiou a torcida, que marcou presença em grande número no Gigante da Pampulha. O público do clássico neste sábado foi o maior recebido pelo Mineirão em 2019. Entre pagantes e não pagantes, 51.525 torcedores acompanharam o confronto.

"(O Cruzeiro) Não poderia ser diferente em termos de postura, entrega, respeito, ainda mais com o Mineirão lotado em um sábado a noite, o torcedor veio. Então, nós tínhamos todos os motivos do mundo para darmos o máximo", disse Mano.

"As dificuldades algumas delas aparecem em função da viagem a Guayaquil, do jogo forte (contra o Emelec), e enfrentamos um adversário (América) que ficou descansando. Então, certamente nos resguardamos um pouco para não expor muito o time porque os últimos minutos poderia cobrar um preço alto por um desgaste, uma lesão, isso é tudo que a gente não quer", frisou.

Mano disse que a melhor qualidade dos jogadores do Cruzeiro em comparação ao elenco americano foi o grande diferencial para a goleada deste sábado. "Fizemos um bom jogo, enfrentamos um adversário de qualidade, que fez um bom jogo, mas na hora do vamos ver temos jogadores decisivos, jogadores mais acostumados a estes momentos. Então, saímos felizes, atingimos o objetivo que era chegar na final e agora vamos nos preparar para lutar pelo bicampeonato", frisou.

Sem favoritismo

Agora, o Cruzeiro espera a definição do adversário da final, que sairá do confronto entre Atlético e Boa Esporte, neste domingo, no Mineirão. O primeiro jogo da semifinal, em Varginha, ficou no 0 a 0. O Galo tem a vantagem do empate por ter feito a melhor campanha do Estadual na primeira fase.

Mano descartou o favoritismo do Cruzeiro na final, lembrando da disputada decisão do Campeonato Mineiro do ano passado, quando a Raposa perdeu a ida para o Atlético por 3 a 1, no Independência, mas acabou com o título após vencer a finalíssima por 2 a 0, no Mineirão. Vale lembrar que, se a final se repetir neste ano, o clube alvinegro terá a vantagem por ter ficado em 1º na fase inicial da competição.

"O futebol desmente a gente a cada episódio. No ano passado, chegamos na final de forma invicta. Em 12 minutos, tomamos 3 gols (do Atlético) no Independência e quase deixamos escapar o titulo. O futebol é muito caprichoso. Quando se enfrentam dois clubes de tradição vencedora, o momento fica minimizado e vale os 90 minutos, os 180 minutos. Então, vai depender muito do que fizermos nos 180 minutos. Nós temos capacidade para brigar pelo título e agora é hora de lutar por ele", disse Mano.



Cruzeiro, Mano, Campeonato Mineiro

222 visitas - Fonte: superesportes


Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Próximo Jogo - Copa do Brasil

Qua - 21:30 - Maracanã - SporTV,TVGlobo(paraMinasGerais)ePremiere
Fluminense
Cruzeiro

Último jogo - Brasileiro

Dom - 16:00 - Beira Rio
Internacional
3 1
Cruzeiro