logo

15/3/2023 13:12

De Nikão a Ramiro: Cruzeiro tem novas referências ainda em busca de afirmação no ano

De Nikão a Ramiro: Cruzeiro tem novas referências ainda em busca de afirmação no ano
Mateus Vital e Ramiro ainda buscam sequência no time do Cruzeiro — Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

O Cruzeiro segue com atuação tímida no mercado, sob discurso aberto da gestão de Ronaldo em relação à necessidade de gastos contidos. E os nomes que chegaram sob maior expectativa para a Série A ainda buscam espaço “garantido” na equipe de Paulo Pezzolano.


Entre os 17 jogadores anunciados pelo Cruzeiro (Richard foi oficializado nessa terça-feira), os nomes de maior respaldo no futebol brasileiro, em um passando recente, são Gilberto, Nikão, Ramiro, William e Mateus Vital. Jogadores com rodagem em clubes gigantes e experiência na disputa da competição mais importante para o time em 2023.

Com exceção a Gilberto, que foi titular nos últimos seis jogos, os outros ainda tentam afirmação entre os 11 titulares do treinador uruguaio. Houve situações físicas pelo caminho, mas, mesmo à disposição, há dificuldades em relação aos aspectos técnicos e táticos do time.

Mateus Vital e Nikão, mesmo com características diferentes de jogo, chegaram para ser as principais peças de articulação do elenco. Essas duas contratações, inclusive, passaram por um “esforço financeiro” dos atletas e do clube para que fossem concretizadas. Em campo, há oscilação.

Vital começou o ano como reserva e foi atrapalhado por uma lesão no tornozelo, logo na estreia. Voltou a entrar na reta final da primeira fase, ganhou chance como titular diante do Democrata SL, mas sequer saiu do banco no clássico da semifinal.

Duelo em que Nikão retornou ao time após jogos fora em função de um corte na perna. O camisa 10 tem dois gols no ano e ainda não consegue ser protagonista.

Assim como Vital, Ramiro chegou ao Cruzeiro após passagem pelo Corinthians. O volante, de 29 anos, chegou para ser uma das referências do reformulado meio-campo do time em 2023. Apesar de não ter atuado somente em um dos oito jogos da Raposa, ainda não engatou sequer duas partidas consecutivas como titular.

William tem menos rodagem no futebol nacional do que os jogadores citados anteriormente. No Brasil, passou apenas pelo Inter, disputando o Brasileirão em 2017. Mas foi campeão olímpico, em 2016, e jogou as últimas cinco temporadas no futebol alemão. O caso dele, ainda em busca de afirmação, está dentro do planejamento do Cruzeiro.

Aos 27 anos, ele acertou contrato de produtividade com o Cruzeiro, até dezembro, após ficar praticamente dois anos sem entrar em campo por lesões no joelho. Estreou contra o América, passou por trabalho de equilíbrio e fortalecimento muscular, e fez sua primeira sequência como titular diante do Democrata SL e (novamente) América.

Além desses jogadores, quem também ainda busca protagonismo na temporada é o atacante Wesley, que chegou do Palmeiras com status da maior contratação da “Era Ronaldo” (R$ 16 milhões) e perdeu posição no time ao longo do Mineiro. O garoto voltou a ser titular na semifinal de sábado.

1032 visitas - Fonte: globoesporte




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Brasileiro

Dom - 16:00 - Arena Fonte Nova -
X
Bahia
Cruzeiro

Brasileiro

Qua - 21:30 - Governador Magalhães Pinto
2 X 0
Cruzeiro
Fluminense