logo

13/7/2022 11:03

Análise: Cruzeiro ratifica espírito guerreiro, luta no Mineirão, mas derrota expõe diferenças

Análise: Cruzeiro ratifica espírito guerreiro, luta no Mineirão, mas derrota expõe diferenças
Martin Varini consola Filipe Machado após eliminação do Cruzeiro na Copa do Brasil — Foto: Fernando Moreno/AGIF

O Cruzeiro tinha a missão de vencer o Fluminense para ter uma sobrevida na Copa do Brasil. Se a classificação não veio e ficou evidente a diferença entre os times, o líder da Série B ratificou o espírito de luta do elenco e a conexão que vive com seu torcedor em 2022.



Mesmo com a eliminação na Copa do Brasil, os jogadores foram aplaudidos pelos torcedores, que reconheceram o empenho do time, que correu e lutou bastante no jogo, mesmo após levar os gols no segundo tempo. Tentou diminuir e reagir, mas sucumbiu à superioridade do Fluminense.

Com investimento bem abaixo do Fluminense, o Cruzeiro viu - apesar da sua organização tática e empenho dos atletas - a qualidade técnica se sobressair no segundo tempo. O Fluminense criou contra-ataques e, com boas finalizações, conseguiu o elástico 3 a 0. Escondido no placar ficou a luta cruzeirense para levar alegria à torcida.

Com investimento bem abaixo do Fluminense, o Cruzeiro viu - apesar da sua organização tática e empenho dos atletas - a qualidade técnica se sobressair no segundo tempo. O Fluminense criou contra-ataques e, com boas finalizações, conseguiu o elástico 3 a 0. Escondido no placar ficou a luta cruzeirense para levar alegria à torcida.

Adotando uma formação inicial bem diferente da que vinha atuando, o Cruzeiro buscou se impor no Mineirão, promovendo uma intensidade no primeiro tempo e pressão sobre o Fluminense para chegar ao primeiro gol. O placar mínimo levaria a decisão para os pênaltis.

Teve chances com Edu e Vitor Leque para abrir placar, sendo superior ao Fluminense, mas esbarrando no ídolo cruzeirense Fábio. O Cruzeiro dava mostras que chegaria ao primeiro gol, mas faltava somente caprichar na finalização. Por outro lado, defensivamente, fazia um jogo até controlado, apesar de alguns sustos.

Apesar da eliminação e da busca pela classificação, o Cruzeiro atendeu às expectativas dentro do possível do que se esperava do clube na Copa do Brasil. Venceu as primeiras etapas do torneio, contra times de divisões inferiores, e chegou ao grupo dos 16 melhores. Enfrentou um time da Série A, dentro das possibilidades.



Agora, voltará à realidade da Série B do Brasileiro, na qual é líder absoluto e poderá ser campeão simbólico do turno, na próxima rodada, quando buscará a recuperação após dois tropeços. O Cruzeiro segue no objetivo traçado, que é subir para a elite nacional, mas deixa o espírito de luta marcado na despedida da Copa do Brasil.

1314 visitas - Fonte: globoesporte




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Brasileiro

Qua - 19:00 - Governador Magalhães Pinto -
X
Cruzeiro
Juventude

Brasileiro

Sáb - 21:00 - Allianz Parque
2 X 0
Palmeiras
Cruzeiro