logo

1/7/2022 13:24

FIFA vai receber US$ 92 milhões de cartolas por caso que mudou a FIFA

FIFA vai receber US$ 92 milhões de cartolas por caso que mudou a FIFA

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos informou, nesta quinta-feira (30), que a FIFA receberá mais de US$ 92 milhões (R$ 483 milhões) em compensação pelas perdas causadas pelo esquema de corrupção conhecido como Fifagate. Entidades como a Conmebol e a Concacaf, vítimas do caso, receberão parte da quantia.



O esquema foi um divisor de águas para a FIFA. Especialistas contam que, após a revelação do caso Fifagate, diversas medidas de governança e compliance, que antes não existiam, foram implementadas.

"O dinheiro recuperado pela Justiça Americana no curso dos processos contra os dirigentes da FIFA e de Confederações, além dos empresários, oriundo de um dos maiores escândalos de corrupção da história do esporte, será devolvido à própria modalidade, para ser aplicado no seu desenvolvimento. É importante ressaltar que o Fifagate foi um marco histórico para a FIFA, que, desde então, implementou severas medidas de governança e compliance", afirma João Paulo di Carlo, advogado especializado em direito desportivo e colunista do Lei em Campo.

"A restituição dos valores subtraídos por meio de corrupção e recuperados após as investigações é a medida correta para garantir que o dinheiro retorne à instituição lesada e possa ser utilizado para o fim que se destinava originalmente. É como num crime de roubo, que se resolve plenamente não só com a condenação do infrator, mas também com a devolução do bem roubado, se recuperado, à vítima. Não faria sentido que os valores, nesse caso, tivessem outro destino que não a FIFA e as entidades afetadas", analisa Marcel Belfiore, advogado especializado em direito desportivo.

"Atualmente, a FIFA figura entre as sete federações internacionais com maior pontuação no ranking de padrões de governança, elaborado pela ASOIF (Associação de Federações Internacionais de Esportes Olímpicos de Verão). Essa análise é baseada em cinco aspectos chaves na governança: transparência, integridade, democracia, desenvolvimento e mecanismos de controle", conta João Paulo di Carlo.

Andrei Kampff, advpgado especializado em direito desportivo, jornalista e autor desse blog, entende que "o Fifagate é outdoor de novos tempos da gestão do esporte. Ela escancara que autonomia não pode ser confundida com independência. A partir de uma irritação provocada pelo escândalo, as entidades esportivas precisaram agir, investindo em governança, conformidade e compliance. Ou seja, protegendo a própria instituição".

O montante foi confiscado pelas autoridades americanas das contas de cerca de 50 ex-dirigentes e empresários, de mais de 20 países, que foram indiciados por envolvimento no caso de corrupção que foi revelado em 2015.

A lista de indiciados inclui dois ex-presidentes da CBF (Confederação Brasileira de Futebol): José Maria Marin, preso em 2015, e Marco Polo Del Nero, banido do futebol em 2018. O nome de Ricardo Teixeira também chegou a ser citado nas investigações, porém não houve indiciamento. Todos negam as acusações.

O valor anunciado nesta quinta-feira faz parte de um pacote de US$ 201 milhões (R$ 1,05 bilhão), informado em agosto do ano passado, a ser devolvido pelas autoridades americanas.

"Houve uma quantidade extraordinária de dinheiro fluindo entre dirigentes corruptos e empresas neste esquema. É gratificante saber que o dinheiro será usado em edução e investimento em futebol para mulheres", disse o diretor-assistente do FBI, Michael Driscoll, no comunicado do Departamento de Justiça.



A Concacaf, confederação continental que administra o futebol das Américas Central e do Norte, e a Conmebol, equivalente na América do Sul, foram nomeadas entre as vítimas pelo comunicado do Departamento de Justiça dos EUA.

Em outubro de 2020, a confederação sul-americana recuperou US$ 38 milhões (R$ 190 milhões) que estavam em contas na Suíça controladas pelo ex-presidente Nicolás Leoz e o ex-secretário-geral Eduardo Deluca.

90 visitas - Fonte: Uol




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Próximo Jogo - Mineiro

Dom - 18:00 - Mineirão - Globo,Sportv
Atlético MG
Cruzeiro

Último jogo - Brasileiro

Qui - 19:15 - Arena do Grêmio
Grêmio
2 0
Cruzeiro
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Internacional
3 Atletico-MG
4 São Paulo
5 Fluminense
6 Grêmio
7 Palmeiras
8 Santos
9 Atletico Paranaense
10 Bragantino
11 Ceará
12 Corinthians
13 Atletico Goianiense
14 Bahia
15 Sport Recife
16 Fortaleza EC
17 Vasco Da Gama
18 Goiás
19 Coritiba
20 Botafogo
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
71 38 21 8 9 68 48 20 VEVVD
70 38 20 10 8 61 35 26 EDVDE
68 38 20 8 10 64 45 19 DEEVV
66 38 18 12 8 59 41 18 EVEDV
64 38 18 10 10 55 42 13 VEVEV
59 38 14 17 7 53 40 13 EVDVD
58 38 15 13 10 51 37 14 VDEED
54 38 14 12 12 52 51 1 EVVED
53 38 15 8 15 38 36 2 EEVDV
53 38 13 14 11 50 40 10 VEEEV
52 38 14 10 14 54 51 3 DEDVV
51 38 13 12 13 45 45 0 EDDEE
50 38 12 14 12 40 45 -5 DEDEV
44 38 12 8 18 48 59 -11 DEEVV
42 38 12 6 20 31 50 -19 VVEDD
41 38 10 11 17 34 44 -10 VVDDD
41 38 10 11 17 37 56 -19 DDDEV
37 38 9 10 19 41 63 -22 VEVED
31 38 7 10 21 31 54 -23 DDVDD
27 38 5 12 21 32 62 -30 DDDVD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota