logo

4/6/2022 14:29

Análise: Cruzeiro é maduro e letal em vitória que aumenta casca do time por acesso na Série B

Análise: Cruzeiro é maduro e letal em vitória que aumenta casca do time por acesso na Série B

O time do Cruzeiro venceu mais um jogo difícil na caminhada da Série B. Foi até Ponta Grossa e superou o organizado Operário por 2 a 1. Resultado que mostrou a maturidade de um time que se destaca pelo coletivo e ganha casca, a cada dia, em busca do acesso.

O Cruzeiro teve um início difícil, fora da sua zona de conforto no que diz respeito à saída de bola. Tinha dificuldades diante da pressão dos atacantes do Operário nos primeiros minutos, mas soube entender a situação e mudar o posicionamento dos três zagueiros, equilibrando as ações rapidamente.

Ainda que não tenha feito um bom primeiro tempo no ataque, sobretudo por ausência de criação no meio-campo, o Cruzeiro conseguiu ter as chances mais claras. Canesin e Rafa Silva poderiam ter colocado o time em vantagem. Jajá, pela esquerda, foi a peça mais acesa. Segurou menos a bola e foi mais eficiente no um contra um.

Defensivamente, o Cruzeiro fez uma primeira etapa segura, levando susto somente em cobrança de falta de Paulo Sérgio, que beijou a trave com Rafael Cabral ainda vivo na bola.

Por mais que o empate pudesse parecer bom, diante da vantagem do time na tabela, de ter vencido o Criciúma fora e ter pela frente o CRB, no Mineirão, Pezzolano mostrou, com ações, que queria vencer. Colocou Edu junto de Rafa Silva, disposto a resolver o problema ofensivo e a ter o time mais solto, com ocupação na área e na entrada dela, dando mais liberdade para Rafa, que mostra qualidades ao se movimentar.

O resultado chegou rápido, com gol logo aos seis minutos, de Pais. Mas o empate aconteceu três minutos depois. Chance para o Operário crescer, ainda mais com o Cruzeiro mais exposto.

Mas a resposta do time mineiro foi praticamente imediata e em jogada que premia treinos e tentativas: a bola longa de Zé Ivaldo para a velocidade do extremo. Jajá resolveu e foi o homem do jogo, com um gol e uma assistência.

O Operário voltou à carga, foi superior e teve liberdade pelo meio-campo até os 30 minutos. Período em que o empate parecia próximo. E, de fato, esteve. Rafael Cabral foi decisivo em lance cara a cara com Paulo Sérgio. Mas, quando Pezzolano repôs o meio-campo, o domínio adversário se tornou tão somente territorial.

O Cruzeiro vai criando casca na Série B, principalmente por conseguir fazer com que momentos adversos sejam curtos. Teve dificuldades no início em Ponta Grossa, mas mudou a saída de bola e entrou no jogo. Viu o adversário ganhar o meio-campo no segundo tempo, mas se organizou e fez com que os volantes e zagueiros trabalhassem mais do que o goleiro. E o mais importante em jogos como esse: foi letal.

Não teve brilhantismo do Cruzeiro. Em um curto momento da segunda etapa, chegou a ser dominado. Teve erros, sofreu sustos. Precisou de Rafael Cabral. Tudo isso é normal, e vai voltar a acontecer.

Mas o time venceu e mostrou que a força maior é coletiva, alternando os destaques individuais a cada jogo. Mérito de Paulo Pezzolano, que vai solidificando o trabalho e deixando o torcedor cada vez mais confiante de que o pesadelo pode acabar, sim, em novembro.

102 visitas - Fonte: globoesporte






VEJA: Cruzeiro tem conversas em andamento com clube argentino por Lucas Romero


Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Próximo Jogo - Mineiro

Dom - 18:00 - Mineirão - Globo,Sportv
Atlético MG
Cruzeiro

Último jogo - Brasileiro

Qui - 19:15 - Arena do Grêmio
Grêmio
2 0
Cruzeiro
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Internacional
3 Atletico-MG
4 São Paulo
5 Fluminense
6 Grêmio
7 Palmeiras
8 Santos
9 Atletico Paranaense
10 Bragantino
11 Ceará
12 Corinthians
13 Atletico Goianiense
14 Bahia
15 Sport Recife
16 Fortaleza EC
17 Vasco Da Gama
18 Goiás
19 Coritiba
20 Botafogo
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
71 38 21 8 9 68 48 20 VEVVD
70 38 20 10 8 61 35 26 EDVDE
68 38 20 8 10 64 45 19 DEEVV
66 38 18 12 8 59 41 18 EVEDV
64 38 18 10 10 55 42 13 VEVEV
59 38 14 17 7 53 40 13 EVDVD
58 38 15 13 10 51 37 14 VDEED
54 38 14 12 12 52 51 1 EVVED
53 38 15 8 15 38 36 2 EEVDV
53 38 13 14 11 50 40 10 VEEEV
52 38 14 10 14 54 51 3 DEDVV
51 38 13 12 13 45 45 0 EDDEE
50 38 12 14 12 40 45 -5 DEDEV
44 38 12 8 18 48 59 -11 DEEVV
42 38 12 6 20 31 50 -19 VVEDD
41 38 10 11 17 34 44 -10 VVDDD
41 38 10 11 17 37 56 -19 DDDEV
37 38 9 10 19 41 63 -22 VEVED
31 38 7 10 21 31 54 -23 DDVDD
27 38 5 12 21 32 62 -30 DDDVD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota