logo

27/11/2019 14:08

Cruzeiro vive pior momento ofensivo desde 2007

Cruzeiro vive pior momento ofensivo desde 2007

Média de 0,79 gol por partida é a pior do Cruzeiro desde que os pontos corridos são disputados com 20 equipes (Imagem: Moisés Silva/Light Press/Estadão Conteúdo)

De volta à zona do rebaixamento do Brasileirão, o Cruzeiro precisa melhorar urgentemente seu desempenho em campo se não quiser passar a temporada que vem jogando na segunda divisão. Para isso, terá que resolver um problema grave de não fazer gols. No momento em que a equipe mais precisa da bola na rede, a Raposa encara sua pior fase em mais de uma década. Desde 2007, quando o Brasileirão passou a ser disputado com 20 equipes, o time mineiro nunca teve uma média tão baixa de gols marcados.



Com apenas 27 gols em 34 partidas disputadas, o Cruzeiro tem o terceiro pior ataque do campeonato, atrás somente do CSA (21), próximo adversário, e do Avaí (16), lanterna e já rebaixado. A atual média de 0,79 gol por jogo é inferior ao ano passado, quando o time terminou o campeonato com 34 gols marcados nos 38 jogos realizados. Em 2011, ano que o clube só escapou da degola na última rodada, a média celeste foi de 1,26 gol por compromisso.

A baixa produtividade do ataque já era notada com os antecessores Mano Menezes e Rogério Ceni, mas continuou com Abel Braga. Quando Abel assumiu a equipe, o Cruzeiro tinha 17 gols. Nos 13 jogos seguintes, o treinador só viu sua equipe marcar em dez oportunidades. E isso tem custado pontos importantes. A última vitória celeste foi há quase um mês, e o time só balançou as redes duas vezes nos últimos cinco jogos.

O nervosismo e ansiedade têm uma parcela de culpa nos números ruins do ataque. Mas eles são acompanhados também pelo péssimo momento dos meias e atacantes. Fred não marca com a bola rolando desde o final de agosto. Com Abel Braga, o camisa 9 só marcou duas vezes (ambas de pênalti), um a mais que Thiago Neves e Sassá. Por mais de uma vez, o time precisou ser salvo por atletas de outros setores, que estão desempenhando bons papeis na defesa e ajudam como podem na hora de atacar. Dedé e Cacá já marcaram uma vez, enquanto Éderson e Orejuela fizeram dois gols.



Para a partida de amanhã, contra o CSA, qualquer resultado diferente da vitória será considerado catastrófico para o Cruzeiro na luta contra o rebaixamento. Para isso, o ataque precisa voltar a funcionar, independente de quem faça o gol. O que não pode se repetir é o baixíssimo repertório na hora de criar as jogadas. Foi assim que a equipe amargou empates muito ruins contra o rival Atlético-MG e principalmente contra o Avaí, ambos no Mineirão.

Cruzeiro, Momento, Pior, Ofensivo, 2007

402 visitas - Fonte: UOL


Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Campeonato Mineiro

Quinta - 20:30 - Mineirão - PFC
Cruzeiro
Caldense

Último jogo - Brasileiro

Qui - 19:15 - Arena do Grêmio
Grêmio
2 0
Cruzeiro
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Santos
3 Palmeiras
4 Grêmio
5 Atletico Paranaense
6 São Paulo
7 Corinthians
8 Internacional
9 Fortaleza EC
10 Goiás
11 Bahia
12 Atletico-MG
13 Vasco DA Gama
14 Fluminense
15 Botafogo
16 Ceará
17 Cruzeiro
18 CSA
19 Chapecoense-sc
20 Avai
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
90 37 28 6 3 86 33 53 EVVVV
71 37 21 8 8 56 33 23 EVDVD
71 37 20 11 6 59 32 27 EDDDV
65 37 19 8 10 62 36 26 DVDVV
63 37 18 9 10 51 32 19 VVVEV
60 37 16 12 9 37 29 8 EEVDV
56 37 14 14 9 41 32 9 EDVDV
54 37 15 9 13 42 38 4 EEDVD
50 37 14 8 15 48 48 0 VEVVE
49 37 14 7 16 43 62 -19 EVVDD
49 37 12 13 12 43 41 2 EDEVE
48 37 13 9 15 44 47 -3 EDEVV
48 37 12 12 13 38 44 -6 EEDVE
43 37 11 10 16 36 45 -9 EVVEE
42 37 13 3 21 30 44 -14 DVVDD
38 37 10 8 19 35 40 -5 DEDED
36 37 7 15 15 27 44 -17 EDDDD
32 37 8 8 21 23 56 -33 DDVDD
31 37 7 10 20 30 51 -21 VVDDV
19 37 3 10 24 18 62 -44 EDDED
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota