logo

9/9/2019 13:04

Rogério Ceni acerta ao colocar a boca no trombone e ameaçar deixar o Cruzeiro

Rogério Ceni acerta ao colocar a boca no trombone e ameaçar deixar o Cruzeiro

Cruzeiro de Ceni vem de duas derrotas pesadas (Ricardo Rí­moli/Futura Press)

Rogério Ceni deu um show de sinceridade neste domingo, pouco depois da derrota por 4 a 1 de seu Cruzeiro para o Grêmio. Com discurso franco, bem pouco comum no mundo do futebol, o treinador avisou que deixará o clube que o acabou de contratar se não tiver respaldo da diretoria. É que ele fará mudanças drásticas caso permaneça.



Esse é o grande ponto. O Cruzeiro precisa de uma balançada pesada para sair da crise em que se meteu. Elenco envelhecido, jogador defendendo dirigente e desrespeitando treinador, muitos atletas completamente fora de forma e uma sucessão de erros por parte da diretoria.

É nesse cenário que Rogério Ceni se meteu ao trocar o Fortaleza pela chance de suceder Mano Menezes. Eu, no lugar dele, teria afastado Thiago Neves do elenco por tempo indeterminado depois das declarações desastrosas do meia em meio à eliminação na Copa do Brasil, na última quarta-feira.

Neste domingo, Rogério Ceni não fugiu do assunto e afirmou que Thiago Neves só criticou as mudanças no sistema defensivo, que ele chamou de improvisações, porque seu amigo Edilson havia ficado no banco de reservas. Acusação extremamente forte, que só reforça como alguns pensam mais no individual do que no coletivo, para desespero do clube.

Neste grupo mimado do Cruzeiro, também é preciso falar de Pedro Rocha, que chutou uma garrafinha, irritado por ter sido substituído contra o Internacional, em Porto Alegre. Talvez como castigo, o atacante começou a partida deste domingo no banco de reservas.

Rogério Ceni foi perfeito ao dizer que alguns atletas precisam de melhor condicionamento físico e, por isso, ficarão de fora dos jogos contra Palmeiras e Flamengo. A ideia é submetê-los a uma intertemporada. Atitude corajosa de alguém que tem muito menos nome do que Mano Menezes, que já deveria ter tomado tal providência antes.



E, para fechar, Rogério Ceni ainda admitiu que recuará em sua intenção de fazer o Cruzeiro jogar bonito, pelo menos por agora. Ele reconheceu que precisa de um time mais competitivo, sob o risco de ver o Cruzeiro se afundar na zona do rebaixamento. Mais um acerto: ele deixou claro que falar em Libertadores da América soaria bem aos ouvidos do torcedor mas não condiz com a bolinha que o Cruzeiro tem jogado há muito tempo.

Cruzeiro, Rogério Ceni, Boca, Trombone, Deixar, Clube

330 visitas - Fonte: Blog do Jorge Nicola


VEJA: Cruzeiro tem conversas em andamento com clube argentino por Lucas Romero


Antonio F santos     

Rogerio veio pra sacudir pra mudar nem que pra isso acontecer temha que mandar ate a diretoria corrupta embora mas o ceni fica

Paulo Cesar     

Estou vom você Rogério, você está certíssimo, yem jogadores ai fazendo complo contra você, como Thiago Neves, ele não tem nada que ficar dando entrevista contra você, a função dele eh jogar futebol, ele ganha muito bem pra isso, alem do mais não está jogando nada, como Pedro Rocha, Leo, Henrique, e outros, se não houver renovação o time vai cair, to com você Rogério, eh você eh que manda, quem não quiser ye obedecer, manda embora.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Próximo Jogo - Brasileiro

S&# - 17:00 - Mineirão - Fox
Cruzeiro
Flamengo

Último jogo - Brasileiro

S&# - 17:00 - Allianz Parque
Palmeiras
1 0
Cruzeiro