logo

6/9/2019 13:30

Torcedores marcam protesto contra diretoria do Cruzeiro para domingo, antes de jogo com Grêmio

Manifestação será na portaria do estacionamento do Independência, às 9h30

Torcedores marcam protesto contra diretoria do Cruzeiro para domingo, antes de jogo com Grêmio

Eliminação na Copa do Brasil, divergências entre jogadores e o técnico Rogério Ceni, farpas entre o presidente do Conselho Deliberativo, Zezé Perrella, e o presidente Wagner Pires de Sá. O insucesso do Cruzeiro em campo reaqueceu os bastidores do clube e fez também a torcida se mexer. No domingo, antes da partida contra o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro, um grupo de torcedores promoverá um protesto contra a atual diretoria na portaria da Rua Pitangui que dá acesso ao estacionamento do Independência.

O início das manifestações está marcado para as 9h30. O duelo com os gaúchos, válido pela 18ª rodada, começa às 11h.

“Torcedor, contamos com sua presença. O Cruzeiro precisa de você, não podemos deixar com que essa diretoria continue à frente do clube. Somente nós conseguiremos tirar Itair e companhia. Venha e traga cartazes e faixas. Seremos ouvidos. O torcedor não será feito de palhaço. Iremos exigir a renúncia custe o que custar”, diz uma das imagens de divulgação do protesto que circula em grupos de Whatsapp.

O movimento pediu a divulgação da hashtag #ForaDiretoriaCEC e conseguiu ocupar a quarta posição entre os assuntos mais comentados no Brasil no microblog Twitter.


Em outra imagem de chamada do protesto aparecem as fotos do presidente Wagner Pires de Sá, do vice-presidente de futebol Itair Machado e do diretor-geral Sérgio Nonato.



Os três são alvos de investigação da Polícia Civil por suspeitas de falsidade ideológica, falsificação de documentos e lavagem de dinheiro. O Ministério Público de Minas Gerais também analisa documentos do clube.

Em 9 de julho, a Polícia Civil cumpriu mandados de busca e apreensão na sede do Cruzeiro, no Barro Preto; nas casas de Wagner Pires de Sá, de Itair Machado, de Sérgio Nonato; e nos centros de treinamentos Tocas da Raposa I e II.

Também houve diligências na casa do empresário Cristiano Richard dos Santos Machado, envolvido em negociações com a diretoria celeste, e no galpão da Máfia Azul, torcida organizada ligada ao clube. Houve apreensão de documentos e computadores.

Um dia depois, em 10 de julho, Itair Machado foi afastado do cargo de vice-presidente de futebol do Cruzeiro. A Justiça acatou pedido feito por um grupo de conselheiros e associados baseado em condenações trabalhistas, previdenciárias e criminais contra o vice de futebol, que ferem a Lei Pelé e também o Estatuto do Cruzeiro.

Apesar do afastamento, Itair foi novamente nomeado pelo presidente Wagner Pires de Sá. Desta vez, o mandatário indicou seu homem de confiança para ocupar o cargo de ‘assessor esportivo da presidência’. Na última quarta-feira, porém, o TJMG, em decisão colegiada, resolveu por liberar Itair para voltar ao posto de vice de futebol.

Farpas entre Perrella e Wagner
Nessa quinta-feira, em entrevista ao portal Globoesporte.com, o presidente do Conselho Deliberativo, Zezé Perrella, disparou contra Wagne, Itair e Sérgio Nonato.

Ele afirmou que Pires de Sá é uma espécie de “rainha da Inglaterra”, que “não é respeitado por ninguém” e que quem toma as decisões do clube, na verdade, é Itair.



“Eles estão acabando com o Cruzeiro. São irresponsáveis. E o Wagner é uma ‘rainha da Inglaterra’. O presidente do Cruzeiro chama-se Itair Machado. O Wagner não manda nada, não é respeitado por ninguém lá dentro", detonou Perrella.

Perrella também comentou a participação de Sérgio Nonato na gestão de Wagner. Ele garantiu que o diretor-geral do Cruzeiro (essa é a função de acordo com o site oficial do Cruzeiro) segue no organograma do clube e “ganha mais do que o presidente da Petrobras”.

Estrutura de poder
Em junho, o Superesportes publicou a estrutura de poder do Cruzeiro, explicando por que Itair Machado tem mais influência na gestão do que o próprio presidente Wagner Pires de Sá.

A reportagem montou o organograma da Raposa sob a influência do vice-presidente de futebol. Naquela ocasião, Itair tinha sob sua tutela pelo menos 27 profissionais com cargos diretivos ou relevantes nos departamentos de futebol, marketing, comercial, futebol de base e nas sedes sociais. Alguns deixaram seus postos, mas a maioria segue no Cruzeiro.



Desgaste entre jogadores e Ceni
Se a crise institucional se instalou há tempos, a eliminação para o Internacional na Copa do Brasil provocou desgaste entre jogadores e o técnico Rogério Ceni. O lateral-direito Edilson, por exemplo, ficou no banco por causa de uma entrevista ao Globoesporte.com na qual dizia estar sem ritmo pela falta de chances com o novo técnico. Já o meia Thiago Neves fez críticas públicas a Ceni pelas mudanças feitas no time no revés por 3 a 0 para o Internacional, no Beira-Rio.

Cruzeiro, Torcedores, Marcam, Protesto, Diretoria

237 visitas - Fonte: Super Esportes


VEJA: Cruzeiro tem conversas em andamento com clube argentino por Lucas Romero


Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Próximo Jogo - Brasileiro

S&# - 17:00 - Mineirão - Fox
Cruzeiro
Flamengo

Último jogo - Brasileiro

S&# - 17:00 - Allianz Parque
Palmeiras
1 0
Cruzeiro