logo

12/8/2019 13:31

No Cruzeiro, Rogério Ceni pode conquistar único troféu importante que falta em sua galeria

Treinador vai assumir a Raposa em desvantagem na semifinal da Copa do Brasil; Ceni nunca venceu o torneio mata-mata

No Cruzeiro, Rogério Ceni pode conquistar único troféu importante que falta em sua galeria

Rogério Ceni terá missão de classificar o Cruzeiro na Copa do Brasil (Foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)

Rogério Ceni conquistou quase tudo como jogador. Um título específico escapou das mãos do maior goleiro da história do São Paulo: a Copa do Brasil. Nos primeiros meses de Cruzeiro, o treinador poderá levantar este tão sonhado troféu.



E não será nada fácil. A Raposa já está na semifinal da competição, mas a situação é delicada. O clube celeste perdeu o jogo de ida para o Internacional, por 1 a 0, no Mineirão. Na partida de volta, no dia 4 de setembro, no Beira-Rio, o time mineiro precisa vencer por dois gols de diferença para avançar.

Para comandar uma reação, Rogério Ceni precisa recuperar a confiança dos jogadores. Atualmente, o Cruzeiro vive um dos momentos mais delicados dos últimos anos. O time está na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, na 17ª posição, com 11 pontos. A última vitória da equipe ocorreu no jogo contra o Atlético (3 a 0), no dia 11 de julho, pela ida das quartas de final da Copa do Brasil, no Mineirão. Desde então, são nove jogos de jejum.

Fora de campo, a situação também é complicada. O Cruzeiro tem encontrado dificuldade de pagar a folha salarial dos jogadores. E o principal responsável pelo futebol do clube, o vice de futebol, Itair Machado, está afastado pela Justiça.

Campeão de quase tudo

Com a camisa do São Paulo, Rogério Ceni venceu quase todos os torneios possíveis.

Regionalmente, ele conquistou o Campeonato Paulista (1998, 2000 e 2005), o Torneio Rio-São Paulo (2001) e o Supercampeonato Paulista (2002).

No âmbito nacional, Ceni levantou o tricampeonato brasileiro (2005, 2006 e 2007).

O títulos internacionais impressionam: dois Mundiais (1993 e 2005), duas Libertadores (1993 e 2005), uma Supercopa da Libertadores (1993), uma Copa Sul-Americana (2012), uma Copa Conmebol (1994), uma Copa Master da Conmebol (1996) e duas Recopas Sul-Americana (1993 e 1994).

Como treinador, Ceni ergueu com o Fortaleza a Série B (2018), o Campeonato Cearense (2019) e a Copa do Nordeste (2019).

A oportunidade em que mais esteve próximo do título da Copa do Brasil foi em 2000. O São Paulo, do goleiro Rogério Ceni, enfrentou o Cruzeiro na decisão. No jogo de ida, mineiros e paulistas ficaram no 0 a 0, no Morumbi.

Na volta, no Mineirão, 85.841 torcedores acompanharam o duelo. O São Paulo saiu na frente, com Marcelinho Paraíba. No fim do jogo, o Cruzeiro virou o placar. Fábio Júnior marcou aos 35 minutos e Geovanni balançou as redes aos 45' do segundo tempo, dando o título ao time mineiro. Uma final histórica.

Como treinador, Rogério Ceni dirigiu o São Paulo e enfrentou o Cruzeiro na quarta fase da Copa do Brasil de 2017. Na ida, no Morumbi, o Cruzeiro conquistou resultado importante: venceu por 2 a 0, encaminhando a classificação. Os gols foram de Lucas Pratto (contra) e Hudson.



Na volta, no Mineirão, o Tricolor ficou perto de tirar a vaga da Raposa. O São Paulo venceu por 2 a 1, gols de Lucas Pratto e Gilberto. Thiago Neves marcou para o clube celeste. O time de Mano Menezes acabou conquistando a Copa do Brasil daquele ano.

Cruzeiro, Rogério Ceni, Conquistar, Único, Troféu, Galeria

411 visitas - Fonte: Super Esportes


VEJA: Cruzeiro tem conversas em andamento com clube argentino por Lucas Romero


Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Próximo Jogo - Brasileiro

Dom - 19:00 - Rei Pelé - Fox
CSA
Cruzeiro

Último jogo - Brasileiro

Dom - 16:00 - Mineirão
Cruzeiro
2 0
Santos