logo

2/8/2019 09:44

Atlético-MG x Cruzeiro tem Ricardo Oliveira e Fred sem gols há mil minutos

Atlético-MG x Cruzeiro tem Ricardo Oliveira e Fred sem gols há mil minutos

Cruzeiro Fred x Atlético-MG Ricardo Oliveira (Imagem: Montagem BOL)

Ricardo Oliveira e Fred vivem momentos difíceis em Atlético-MG e Cruzeiro, respectivamente. A dupla está há mais de mil minutos sem marcar por seus times e duela no clássico mineiro depois de amanhã com a meta de encerrar a seca.



O camisa 9 do Galo não marca há 1.024 minutos. Já são 14 jogos sem saber o que é celebrar um gol com as cores da equipe. Este é o seu pior momento na carreira, mesmo que ainda seja o artilheiro do time no ano, com 13 gols anotados.

O atacante de 39 anos balançou as redes pela última vez em 27 de abril passado, no triunfo por 2 a 1 sobre o Avaí. Neste período, Oliveira chegou a perder a condição de titular do time comandado por Rodrigo Santana. Alerrandro passou a atuar entre os prediletos do técnico em determinado período. Porém, a atuação do jovem na eliminação para o Cruzeiro, nas quartas de final da Copa do Brasil, foi o suficiente para uma nova alteração no setor ofensivo.

Rodrigo Santana não fala publicamente sobre o caso, mas preferiu dar mais chances ao veterano por conta de sua experiência no futebol. Em contrapartida, o técnico crê que o garoto ainda se abate psicologicamente por conta de exibições não tão convincentes.

Na vitória por 2 a 0 do Galo sobre o Botafogo, anteontem à noite, Ricardo Oliveira, novamente titular, perdeu algumas chances de estufar as redes adversárias. Por isso, chegou à marca de 1.024 minutos sem celebrar.

Assim como Ricardo Oliveira, Fred também vive seu pior momento da carreira. O último gol do atacante aconteceu no dia 23 de abril, ainda pela fase de grupos da Libertadores, contra o Deportivo Lara. De lá pra cá, o cruzeirense participou de mais 14 jogos, sendo onze como titular, mas não se reencontrou com as redes. Daquela partida até a despedida da Libertadores, terça-feira passada, contra o River, já se passaram 1013 minutos de jejum.

Com sua força física e presença de área característica, Fred voou no primeiro semestre, chegando a marcar 16 gols em 17 jogos na temporada. Embora ainda seja o artilheiro do time, ele não marcou mais depois disso (hoje já tem 31 jogos). Em campo, nem mesmo as assistências e jogadas de pivô saem com a mesma naturalidade de antes.



Sempre tratado como titular absoluto, nem mesmo isso é mais garantia para Fred, já que Pedro Rocha é quem tem atuado nos onze iniciais de Mano Menezes desde o retorno da Copa América. A explicação do treinador é que a composição do meio-campo do Cruzeiro, sem velocistas nas pontas, prejudica as chegadas pelos lados, tornando necessária a presença de um centroavante com mais mobilidade.

Na última terça (30), uma situação delicada marcou a relação entre jogador e técnico, e o atacante admitiu estar insatisfeito com a reserva por ter um futebol que não se encaixa nas características do comandante.

Cruzeiro, Atlético-MG, Ricardo Oliveira, Fred, Gols

147 visitas - Fonte: UOL


VEJA: Cruzeiro tem conversas em andamento com clube argentino por Lucas Romero


Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Próximo Jogo - Brasileiro

S&# - 17:00 - Mineirão - Fox
Cruzeiro
Flamengo

Último jogo - Brasileiro

S&# - 17:00 - Allianz Parque
Palmeiras
1 0
Cruzeiro