logo

31/7/2019 12:52

VAR na berlinda! Polêmica prossegue, mesmo com a tecnologia no futebol

Criado com o objetivo de corrigir erros, ‘árbitro de vídeo’ tem início marcado por críticas quanto à agilidade nas decisões e à nova conduta da arbitragem

VAR na berlinda! Polêmica prossegue, mesmo com a tecnologia no futebol

Demora dos árbitros, interpretações confusas... VAR rende controvérsias (Arte: Marina Cardoso/Lance!)

A chegada da tecnologia ao futebol não foi suficiente para acabar com as polêmicas dos torcedores. Lançado com a intenção de diminuir os erros cometidos pelo apito, o uso do "video assistent referee" (VAR) tornou-se o centro da discussão entre torcedores e comentaristas, cerca de um ano após seu uso na Copa do Mundo de 2018.



Além da falta de objetividade causada até uma definição com o VAR e margens de interpretação, a tecnologia evidenciou um sinal preocupante, em especial entre os árbitros do futebol brasileiro:

– Acho que o VAR tem servido de “muleta” para os árbitros esquecerem princípios básicos da arbitragem. Em lances de interpretação, se o árbitro está de frente para a jogada, por que a interpretação da cabine? O árbitro foi treinado para interpretar no campo, na velocidade real no jogo – acredita o jornalista Paulo Vinícius Coelho, comentarista da Fox Sports.

Eduardo Tironi, comentarista da ESPN, também é crítico quanto ao ritmo da partida:

– Com o árbitro esperando as decisões do VAR, atrapalha muito a dinâmica do jogo. A frase de “eficiência máxima, interferência mínima” está subvertida.

Porém, as críticas não se restringem ao país. Diego Macias, repórter do Olé, na Argentina, questiona a conduta da arbitragem:

– É preciso encontrar um equilíbrio. A impressão é que os assistentes se acomodaram e os árbitros não estão mais atentos, por causa da existência do VAR. Com isto, o VAR se torna protagonista. Não digo que isto é bom ou ruim, mas a ideia é que eles trabalhem em conjunto. O árbitro tem de pensar que não está ali para corrigir os seus colegas, mas para que a justiça prevaleça no futebol.

O LANCE! traça um panorama de como o árbitro de vídeo vem causando impacto no futebol brasileiro e pelos gramados do mundo.

Você é a favor do uso do VAR no futebol?

EDUARDO TIRONI - comentarista da ESPN Brasil


Sou, mas com correções. Não concordo em revisar faltas que ocorreram em lances anteriores aos que não foram dados pelo árbitro. Além disto, o tempo até a decisão precisa diminuir, e muito.

PAULO VINÍCIUS COELHO - comentarista da Fox Sports

Sou a favor. Mas acho que o VAR tem que ser usado como corretor, o que era sua função primordial. Tem que acabar com a polêmica. No momento, ele não tem feito isto. A forma como ele é utilizado está gerando ainda mais polêmica no futebol.

TOSTÃO - colunista da Folha de São Paulo
?
Sou totalmente a favor. A finalidade de corrigir os erros dos árbitros é ótima. Agora, o funcionamento dele tem sido muito ruim no Brasil. Há muita demora, e muitos erros de interpretação, mesmo com a imagem. Isto acontece muito pela incompetência dos juízes, que a imagem não corrige. Espero que estes problemas sejam sanados com o tempo.

MAURO BETING - comentarista do Turner

Totalmente. Não era tanto antes, porque entendo que a regra é interpretativa e os árbitros podem ver o lance de maneiras diferentes. Mas, mesmo em lances de impedimentos, a gente vê que o VAR vai minimizar os "erros" e "acertos" e, mesmo assim, acabar criando outros, mantendo a polêmica. Por isto, no geral, o saldo do VAR é positivo.

JUCA KFOURI - colunista do UOL e da Folha de São Paulo

Sou a favor. Desde que bem usado e não como está sendo pela CBF e pela Conmebol, que dão a impressão de querer desmoralizá-lo a qualquer custo.

CASAGRANDE - comentarista da Rede Globo

Olha, eu ainda não consegui me acostumar ao VAR. Mas acho que é pela maneira como alguns árbitros se comportam em campo. A sensação é de que os juízes agora tiveram uma perda de convicção ao apitar faltas. Toda hora, eles usam o VAR como escudo. Parece que apitam primeiro o lance e, depois, esperam que o árbitro de vídeo dê seu veredicto.

KAI SCHILLER - jornalista do HH Abendblatt (Alemanha)

Por mais que o VAR torne o futebol mais justo na teoria, a prática tem mostrado outra coisa com a tecnologia. Infelizmente, não tem funcionado na Alemanha. A sensação é que os erros ficaram ainda maiores. Falta maior profissionalismo na arbitragem, ao menos aqui em território alemão.

VALTER MARQUES - jornalista do Record (Portugal)

O VAR ainda não é uma unanimidade em Portugal, mas, neste momento, a maioria já está convencida dos seus méritos. Por mais que haja erros, estou a favor dos que acham que é uma boa aposta. É inegável a expectativa em torno do árbitro de vídeo, mas temos de pensar que ele está sujeito também a cometer algum deslize.

ANTONIO VITIELLO - jornalista do Corriere dello Sport (Itália)

O VAR é um instrumento fundamental. Finalmente, a tecnologia se aplica ao também ao futebol. Daria um poder de decisão maior ao árbitro de vídeo. Mas não é isto que vemos. Em campo, o árbitro segue com a última palavra.



DIEGO MACIAS - editor do Olé (Argentina)

Sou a favor do uso do VAR. Como todos os avanços tecnológicos, o problema não é o VAR em si, mas as dúvidas que nascem com respeito à utilização dada para ele.

GABRIEL SANS - jornalista do Mundo Deportivo (ESP)

Sim, o futebol com o VAR é mais justo e reduz os erros, acabando com polêmicas desnecessárias. Reduziu uma alta porcentagens de incorreções e tem se mostrado uma ferramente indispensável para a arbitragem nos dias atuais.

Cruzeiro, VAR, Berlinda, Polêmica, Prossegue, Tecnologia, Futebol

123 visitas - Fonte: LANCE!Net


VEJA: Cruzeiro tem conversas em andamento com clube argentino por Lucas Romero


Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Próximo Jogo - Brasileiro

S&# - 17:00 - Mineirão - Fox
Cruzeiro
Flamengo

Último jogo - Brasileiro

S&# - 17:00 - Allianz Parque
Palmeiras
1 0
Cruzeiro