logo

10/7/2019 13:31

Romero, do Cruzeiro, entra na mira do Independiente

Treinador do Rojo já teria conversado com o volante

Romero, do Cruzeiro, entra na mira do Independiente

Romero é um dos jogadores mais queridos pela torcida do Cruzeiro (Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)

Lucas Romero está na mira do Independiente-ARG, que procura um volante no mercado. O técnico do Rojo, Sebastián Beccacece, já teria inclusive conversado com o jogador do Cruzeiro. A informação foi divulgada pela imprensa argentina.



A negociação não será simples por causa das cláusulas do contrato de Romero. O Vélez Sarsfield, antigo clube do jogador, definiu alguns termos que dificultam a saída do volante para um rival do país vizinho.

O contrato determina que o Cruzeiro não poderá transferir Romero, de forma definitiva ou empréstimo, a nenhum clube da Argentina. Caso não cumpra essa proibição, a Raposa terá de pagar uma multa de US$ 500 mil, como adicional ao que corresponda ao Vélez pelos 50% da transferência.

Ainda de acordo com o contrato, caso receba uma oferta inferior a 5 milhões de euros, o clube celeste precisará de aval do Vélez para vender o volante. O Independiente deve formalizar ao Cruzeiro uma proposta inferior a este valor, segundo a imprensa argentina.

Lucas Romero chegou ao Cruzeiro em fevereiro de 2016 e assinou por cinco anos - 50% dos diretos do volante ainda pertencem ao Vélez. Com a camisa celeste, ele venceu duas Copas do Brasil (2017 e 2018) e dois Campeonatos Mineiros (2018 e 2019). Do atual elenco, é um dos jogadores mais queridos pela torcida.

Veja, no fim da matéria, as cláusulas do contrato entre Cruzeiro e Vélez, divulgada pelo próprio clube argentino.

Dívida com o Independiente


O Cruzeiro ainda possui uma dívida com o Independiente. Em decisão de fevereiro deste ano, o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) definiu que o Cruzeiro terá de pagar pela compra de Matías Pisano. O valor atual é de US$ 550 mil (R$ 2 milhões), mais juros e custas processuais.

A estada de Pisano no Cruzeiro foi discreta. Ele marcou um gol em 14 jogos no primeiro semestre de 2016. Sua contratação foi considerada um investimento alto: US$ 1 milhão por 50% dos direitos econômicos, além de perdão de dívida de US$ 700 mil pelo empréstimo do centroavante Ernesto Farías ao Independiente, em 2012.



Contrato entre Cruzeiro e Vélez

- Em virtude do vencimento do vínculo laboral com o jogador no próximo 30 de junho de 2016, Vélez transferiu ao Cruzeiro, livremente, os direitos federativos do jogador. O jogador firmou um contrato com o Cruzeiro pelo prazo de cinco anos.

- Vélez conservou 50% dos direitos econômicos do jogador, pelos quais terá direito a metade de todo rendimento, benefício ou crédito que resulte de uma futura transferência do jogador.

- Cruzeiro poderá transferir o jogador a um terceiro clube a partir de 1º de fevereiro de 2017.

- Caso a partir de 1º de fevereiro o Cruzeiro receba uma oferta por transferência definitiva ou empréstimo dos direitos federativos do jogador por um montante inferior a 5 milhões de euros, o Cruzeiro deverá contar com o consentimento do Vélez para a transferência do jogador.

- Caso a partir de 1º de fevereiro o Cruzeiro receba uma oferta por transferência definitiva ou empréstimo dos direitos federativos do jogador por um montante igual ou superior a 5 milhões de euros, e sempre que o Vélez aceitar a oferta, o Cruzeiro estará obrigado a vender o jogador, e caso se negue a vendê-lo, deverá comprar, como requerimento do Vélez, seus direitos em montante equivalente a 50% do montante da oferta que foi recusada.

- Cruzeiro não poderá transferir o jogador, de forma definitiva ou empréstimo, a nenhum clube da Argentina. Caso não cumpra esta proibição, Cruzeiro deverá ressarcir o Vélez com uma multa de US$ 500 mil, como adicional ao que corresponda ao Vélez pelos 50% da transferência.

- Caso a oferta de um terceiro clube pela transferência do jogador inclua o passe de outro jogador e caso o Vélez não esteja de acordo coma operação proposta, o Cruzeiro poderá aceitar a proposta adquirindo do Vélez seus direitos econômicos em um montante equivalente a US$ 2,5 milhões.

- Caso o jogador dispute 40 jogos oficiais pelo Cruzeiro por cada ano (a partir do ano de 2016 até o ano de 2020), o Cruzeiro estará obrigado, por requerimento do Vélez, a adquirir por ano 10% dos direitos econômicos do Vélez por U$ 320 mil. Serão computadas como oficiais as partidas disputadas pelo jogador em um terceiro clube caso tenha sido emprestado. Serão consideradas partidas oficiais aquelas em que o jogador disputar pelo menos 30 minutos de jogo.

- Caso Cruzeiro e jogador renovem o vínculo laboral (de forma antecipada ou no término do contrato), o Cruzeiro deverá, por requerimento, adquirir 50% dos direitos econômicos do Vélez pelo valor de US$ 1 milhão.

- Caso o Cruzeiro conceda a liberação ao jogador de forma antecipada à finalização laboral, o Cruzeiro deverá ressarcir o Vélez com a soma de US$ 2,5 milhões.

Cruzeiro, Romero, Mira, Independiente

462 visitas - Fonte: Super Esportes


VEJA: Cruzeiro tem conversas em andamento com clube argentino por Lucas Romero


Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Próximo Jogo - Brasileiro

Dom - 19:00 - Rei Pelé - Fox
CSA
Cruzeiro

Último jogo - Brasileiro

Dom - 16:00 - Mineirão
Cruzeiro
2 0
Santos