logo

15/6/2019 12:31

Diretor do Cruzeiro reforça confiança em Mano e faz planos para usar jovens da base

Marcelo Djian diz que clube não pensou em momento algum na saída do técnico

Diretor do Cruzeiro reforça confiança em Mano e faz planos para usar jovens da base

Mano Menezes está prestigiado no Cruzeiro, garante diretor Marcelo Djian (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)

O Cruzeiro não pensou em momento algum em propor rescisão de contrato a Mano Menezes, que tem sido bastante cobrado por causa da sequência de nove partidas sem vitória em 2019 (quatro empates e cinco derrotas). Quem garantiu o prestígio ao treinador no clube foi o diretor de futebol Marcelo Djian, em entrevista à Rádio Itatiaia.

“Em momento algum a diretoria pensou em retirar o Mano Menezes da frente da equipe. Nós sabemos que é um momento delicado agora, são nove jogos sem vencer, mas estamos classificados para as oitavas de final da Libertadores e para as quartas de final da Copa do Brasil e vencemos o Campeonato Mineiro”.

Djian explicou que haverá conversa com Mano e seus assistentes durante a pausa das competições de clubes para a disputa da Copa América. “Agora nesta parada, vamos trabalhar juntamente com a comissão técnica para conseguir detectar o problema que gerou esses nove jogos sem vencer e o mau desempenho no Campeonato Brasileiro”.

O dirigente ainda ressaltou o objetivo de, durante a intertemporada, observar as jovens promessas da Raposa. “Com relação à categoria de base, principalmente à equipe sub-20, houve uma melhora na captação. Há jogadores trabalhando conosco: Weverton, Maurício, Adriano, Ederson, Popó. Nossa expectativa é realmente de colocar os jogadores. Se isso não aconteceu até agora é porque são jogos difíceis. Nós temos que ter o cuidado, e o Mano tem esse cuidado, de não colocar jogadores em partidas difíceis e na primeira ou segunda oportunidade ele ser queimado. Nós também estamos conversando com ele, e a perspectiva é que esses jogadores que se destacarem no sub-20 comecem a ter mais chances no Campeonato Brasileiro, que não é tão decisivo quanto Copa do Brasil e Libertadores”.

Depois do encerramento da Copa América, em 7 de julho, o Cruzeiro se preparará para enfrentar o Atlético, no Mineirão, pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. A Confederação Brasileira de Futebol ainda confirmará a data do clássico, previamente agendado para o dia 10. O duelo de volta deverá acontecer no dia 17, no Independência.

Outro mata-mata está no caminho celeste. Será contra o River Plate, pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América. Os confrontos ocorrerão em duas terças-feiras, dias 23 e 30 de julho, às 19h15 (de Brasília). Por ter feito melhor campanha na fase de grupos, o Cruzeiro jogará no Monumental de Núñez, na ida, e no Mineirão, na volta.

Já o Campeonato Brasileiro está previsto para ser retomado no domingo, dia 14 de julho, mas a CBF deve desmembrar a rodada com partidas no sábado (13) e na segunda-feira (15). Na 18ª posição, com oito pontos, o Cruzeiro pegará o Botafogo, sétimo colocado, com 15.

Cruzeiro, Diretor, Confiança, Técnico, Mano, Planos, Jovens, Base

348 visitas - Fonte: Super Esportes


VEJA: Cruzeiro tem conversas em andamento com clube argentino por Lucas Romero


Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Próximo Jogo - Campeonato Brasileiro

S&# - 17:00 - Arena Fonte Nova - Premiere
Bahia
Cruzeiro

Último jogo - Copa do Brasil

Qua - 19:15 - Independência
Atletico-MG
2 0
Cruzeiro