logo

21/9/2018 08:45

Conmebol admite preocupação com arbitragem de Boca x Cruzeiro e diz já ter tomado "medidas"

Conmebol admite preocupação com arbitragem de Boca x Cruzeiro e diz já ter tomado medidas

Foto: Reuters

No documento (leia abaixo na íntegra), a Conmebol diz compartilhar da preocupação sobre a atuação da equipe de árbitros na partida entre Cruzeiro e Boca Juniors. Aos 29 minutos do segundo tempo, Dedé recebeu o cartão vermelho após o árbitro Eber Aquino, do Paraguai, consultar o VAR - árbitro de vídeo. O juiz interpretou como lance para expulsão um choque casual do zagueiro com o goleiro Andrada, do Boca. Segundo a Confederação Sul-Americana, uma conclusão será comunicada imediatamente após os relatórios técnicos da partida serem analisados.



"(...) Nesse sentido, desde a CONMEBOL compartilhamos sua preocupação sobre a atuação da equipe de árbitros na partida mencionada anteriormente. Da mesma forma, afirmamos que a administração já tomou medidas a esse respeito e, uma vez que tenhamos os elementos necessários, que forem feitos os relatórios técnicos, e que tenhamos uma conclusão a respeito, a mesma lhe será comunicada imediatamente.(...)"
No ofício enviado à Conmebol, a CBF pediu reparação de danos ao Cruzeiro e a Dedé. Além disso, a entidade brasileira solicitou que haja uma investigação sobre o VAR, utilizado de maneira errada no caso, segundo o órgão que coordena o futebol brasileiro.

Também nesta quinta-feira, o presidente do Cruzeiro, Wagner Pires de Sá, esteve na sede da Conmebol, no Paraguai, para manifestar insatisfação quanto à expulsão de Dedé. O clube mineiro protocolou uma representação solicitando a anulação da suspensão de Dedé, de forma que o zagueiro possa atuar no jogo de volta contra o Boca, dia 4 de outubro, no Mineirão.



Confira na íntegra a resposta da Conmebol:
"Luque, 20 de setembro de 2018

Senhor
Rogério Caboclo, Diretor Executivo de Gestão
Confederação Brasileira de Futebol

Ao cumprimentá-lo, me dirijo a você em relação a sua nota datada de hoje, referente ao Desempenho da arbitragem na partida das quartas de final da Copa Libertadores de América entre Cruzeiro Esporte Clube e Club Atlético Boca Juniors.

Nesse sentido, desde a CONMEBOL compartilhamos sua preocupação sobre a atuação da equipe de árbitros na partida mencionada anteriormente. Da mesma forma, afirmamos que a administração já tomou medidas a esse respeito e, uma vez que tenhamos os elementos necessários, que forem feitos os relatórios técnicos, e que tenhamos uma conclusão a respeito, a mesma lhe será comunicada imediatamente.

Como parte de nossos pilares de Regras Clara e Fazer Justiça, consideramos que a implementação do VAR é uma ferramenta fundamental para o desenvolvimento da arbitragem na América do Sul e, ao mesmo tempo, um instrumento que visa garantir a transparência e integridade de nossas competições.

Além das situações com as quais possamos nos deparar neste processo de implementação, nosso compromisso de melhorar a arbitragem sul-americana permanece intacto e continuaremos trabalhando no seu desenvolvimento.

Sabemos que a boa gestão da Confederação Brasileira de Futebol e seu futebol em particular, gozam de grande prestígio em todo o mundo, por isso, como membro da família do futebol sul-americano, para a CONMEBOL é de fundamental importância trabalhar de forma conjunta para que o nosso futebol se desenvolva em um quadro de maior esportividade e justiça.

Sem outro particular, renovamos protestos de elevada consideração.

Atenciosamente,

Alejandro Domínguez"


132 visitas - Fonte: Globoesporte.com


Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Copa do Brasil

Qua - 21:45 - Arena Corinthians - Globo
Corinthians
Cruzeiro

Último jogo - Brasileiro

Dom - 16:00 - São Januário
Vasco
2 0
Cruzeiro